O que são os peritos judiciais?

Qual a influência de um perito judicial no tribunal?

Um perito judicial é um profissional geralmente chamado para elucidar questões técnicas em um tribunal. Sua missão muitas vezes é requerida a partir da necessidade de precisões técnicas, a fim de esclarecer a reflexão do juiz. Seja em medicina, arquitetura, gemologia, economia, finanças, etc.

A opinião do especialista é geralmente de natureza consultiva. Na prática, a opinião do perito influencia fortemente a decisão do juiz.

O que é e o que faz um perito judicial?

Diferentes tipos de perito judicial?

Geralmente, existem diferentes tipos de peritos judiciais, cujas missões são de grande variedade:

  • Peritos técnicos: que colocam os seus conhecimentos científicos e técnicos em questões;
  • Peritos-testemunhas: que é solicitado pelas partes a trazer seus conhecimentos;
  • Peritos em Direito: que podem ser consultados pelo juiz sobre questões jurídicas específicas.

Quem pode ser perito?

Segundo a legislação pode atuar como perito qualquer trabalhador liberal com formação superior na área em que a perícia é solicitada. Sejam esses profissionais contadores, administradores, médicos, engenheiros, biólogos, agrônomos, arquitetos e etc.

É necessário fazer concurso para se tornar perito judicial?

Não. Um perito judicial atua como um trabalhador liberal e deve estar registrado no Conselho Regional. Além disso, o perito deve ser indicado de acordo com sua relevância e profissionalismo na área que atua.

Qual a influência de um perito judicial no tribunal?

Importância do trabalho do perito judicial

Não se espera, em nenhuma instância, que um juiz compreenda questões específicas de qualquer área que não a do direito, como a medicina, por exemplo. Em certas ocasiões, o esclarecimento técnico de questões levadas ao tribunal pode mudar por completo um veredicto. Portanto, o perito judicial é solicitado sempre que o juiz acreditar que a elucidação e compreensão de certas análises técnicas pode contribuir para a resolução do caso.

Assim, o perito analisa a situação e elabora um laudo técnico avaliando e indicando pareceres conclusivos segundo sua experiência na área.

Após o recebimento do laudo técnico, o juiz e todos os envolvidos no caso podem prosseguir com o julgamento.

É crucial que o perito seja um profissional íntegro e honesto e que busque agir imparcialmente na procura dos fatos. Para tal, é necessário que ele tenha amplo conhecimento da área em que atua e buscar a verdade acima de tudo.

Existem sites especializados no assunto de perícia judicial que podem elucidar bastante todas as questões no que tange as necessidades para se tornar um perito. Lembrando que o mais importante a levar em consideração ao começar a trilhar esse caminho é o compromisso com a verdade e com a imparcialidade na busca dos fatos.

Tagged as: ,